Secretária de Segurança Pública de SP divulga dados de violência no estado

Última atualização: 16:30

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

 

Por solicitação do jornalista Rodrigo Lico a Secretária de Segurança Pública de SP divulga nota com relação aos índices de ocorrências e crimes no estado de São Paulo.

São informações abrangentes que exemplificam crimes como Homicídios dolosos, Latrocínios, Estupros, Roubos, furtos, dentre outros.  A nota esclarece as ações que o governo adota para combater a criminalidade.

 

Veja a nota na íntegra

As polícias Civil e Militar realizam ações conjuntas para combater a criminalidade em todo o Estado. Tais ações possibilitaram que a redução, no mês de abril, dos roubos em geral (8,8%), de veículos (17,6%), a banco (66,7%) e de carga (20,6%), e os furtos de veículos (7,8%). Houve ainda queda de 3,3% nas vítimas de homicídio cujo indicador passou de 271 em abril do ano passado, para 262 no mesmo mês deste ano. É o menor total contabilizado para o mês, pela série histórica. Também apresentaram queda os indicadores de latrocínio e extorsões mediante sequestro. Além disso, no primeiro quadrimestre do ano, 78.130 criminosos foram presos e apreendidos, 19.507 veículos recuperados e 4.477 armas de fogo ilegais retiradas das ruas de todo o Estado.

Para combater os feminicídios e demais ocorrências de violência contra a mulher o atendimento 24 horas nas DDMs foi ampliado, a fim de oferecer mais opções de acolhimento às vítimas. Nove novas unidades inauguraram o atendimento ininterrupto desde o início do ano. Hoje são 10 DDMs 24 horas no Estado e até o fim da atual gestão outras 30 também funcionarão neste modelo. São Paulo conta com 133 DDMs, sendo nove na Capital, 16 na Grande São Paulo e 108 no Interior. No período também foi criado o aplicativo SOS Mulher, que prioriza o atendimento às mulheres com medidas protetivas, deslocando as equipes policiais mais próximas ao local da ocorrência. Para garantir o acolhimento adequado às vítimas desse tipo de crime, todos os policiais do Estado, sejam eles civis ou militares, são treinados para atender essas ocorrências. O treinamento é realizado durante os cursos de formação das corporações e todas delegacias do Estado contam com o Protocolo Único de Atendimento, que estabelece um padrão para o atendimento.


Expediente - Quem Somos - Nossa Marca - Política de Privacidade - Colabore - Publicidade - Fale Conosco - Widget
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×